Como criar um site para o seu negócio?como criar um site para sua empresa

O isolamento social acelerou muitas situações na vida das pessoas e das empresas. Aqueles que ainda estavam fora do ambiente digital precisaram se adaptar rapidamente para continuar vendendo em tempos de mudança de comportamento. Nesse sentido, muitas organizações estão se questionando sobre como criar um site em pouco tempo para gerar vendas e manter um relacionamento com os clientes.

Você também está passando por esta situação? Vem com a gente e confira como é fácil criar um site em poucos dias! 😊

Saiba como criar um site para a empresa

Ter uma página virtual é imprescindível para os negócios que desejam gerar vendas de forma mais rápida. Com um site, você consegue apresentar os seus produtos ou serviços, mostrar o seu diferencial na área de atuação e também criar canais para iniciar um relacionamento com o cliente.

Tudo isso parece muito bom, mas você quer saber na prática como criar um site do zero? É só seguir esses passos! 👇

Escolha um domínio

O domínio é o nome usado para mostrar o endereço de uma empresa na web. Sendo assim, é muito importante escolher um domínio que esteja relacionado ao segmento e nome do negócio, como no nosso caso: “nibbletecnologia.com.br ”.

Utilizamos a extensão “.com.br” porque a nossa empresa está localizada no Brasil e faz negócios por aqui. Já o nosso segmento é voltado à tecnologia, por isso acrescentamos a palavra ao nome da nossa marca.

Middle School Website GIF by Sarah Schmidt - Find & Share on GIPHY

Portanto, faça uma pesquisa na web para saber se o nome de domínio desejado para sua empresa está disponível e depois passe para o próximo passo.

Adquira um plano de hospedagem

Também é necessário contratar um plano de hospedagem para manter o seu site no ar. Opte por um modelo que atende às necessidades do seu negócio, como quantidade de acessos diários, nível de segurança e capacidade de armazenamento das informações.

Quem tem um e-commerce, por exemplo, precisa se preocupar com possíveis picos de acesso e o desempenho do servidor. Quando a loja virtual é bastante conhecida pelo público e faz muitas promoções, o ideal é escolher uma hospedagem com alto desempenho. Na dúvida, converse com o fornecedor do serviço e verifique qual é o melhor plano para o seu modelo de negócio. 🖥

Identifique as prioridades da sua empresa

Antes de criar um site é muito importante ter clareza de quais são os objetivos da sua empresa. A página será criada para vender online ou apresentar os serviços e gerar relacionamento com os clientes? Quais são as principais dificuldades que o negócio tem hoje e que podem ser resolvidas com um site?

Identificar esses aspectos é importante para compreender qual é o modelo de site que você está procurando. A partir daí, você pode contratar uma equipe especializada para ajudá-lo.

Contrate uma equipe para desenvolver sua página

Em geral, há duas opções principais para você criar uma página virtual: escolher um construtor de sites e fazer tudo sozinho ou contratar uma empresa especializada nesta atividade.

A primeira opção pode gerar economia de dinheiro para o seu negócio, mas demanda um pouco mais de atenção aos detalhes. Isso porque você é responsável por fazer tudo sozinho, como escolher um layout que lhe agrada, definir as cores e ícones que serão incluídos nas páginas.

Por outro lado, ao contratar uma equipe especializada você apenas transmite quais são as suas necessidades, e os profissionais desenvolvem o layout e as funcionalidades mais indicadas para o seu perfil de negócio. 😄

Pronto! Agora você já sabe como criar um site para a sua empresa. Essa é apenas a primeira etapa de quem deseja realizar um trabalho de marketing digital para atrair potenciais clientes e vender mais.

Gostou deste artigo? Então cadastre o seu e-mail e receba mais dicas úteis para o seu negócio! 😉

Como fazer uma boa gestão de relacionamento com o cliente?gestao-de-relacionamento-com-cliente

Fazer uma boa gestão de relacionamento com o cliente é o principal caminho para ter sucesso nas vendas. Com a competitividade entre as empresas cada vez mais acirrada, o contato com o consumidor pode se transformar em diferencial para uma marca.

Para fazer essa gestão de relacionamento de forma eficaz é importante investir em tecnologias para facilitar a comunicação, organização dos contatos e acompanhamento de pedidos. Quer saber quais são as boas práticas que podem ser implementadas no seu negócio? É só acompanhar as dicas que preparamos! 👇

1.Uso de aplicativos

A tecnologia chegou com tudo nas nossas vidas e surgiu para facilitar a comunicação com as pessoas. Então, que tal aproveitar as ferramentas disponíveis para fazer uma boa gestão de relacionamento com o cliente?

O WhatsApp, por exemplo, torna-se essencial nos dias de hoje para oferecer respostas rápidas, encaminhar vídeos ou áudios explicativos. Ele também é essencial para o envio de propostas comerciais, pois o aplicativo deixou a comunicação mais dinâmica. Então, aproveite para utilizar todas as funcionalidades que ele apresenta, e se achar necessário crie uma conta comercial para o negócio. 📱

Big Time Rush Television GIF - Find & Share on GIPHY

2.Comunicação pelas redes sociais

As redes sociais também são acessadas diariamente por pessoas de diferentes idades, que encontraram nesses canais uma maneira de compartilhar fatos do dia a dia e se comunicar com antigos conhecidos. De acordo com um estudo da Statista, o Brasil é o terceiro país com maior número de usuários do Facebook alcançando um total de 130 milhões de pessoas.

O Instagram também está se tornando uma plataforma popular no país. Até outubro de 2018 ele já era utilizado por 64 milhões de brasileiros. Outro estudo da agência Iska Digital ainda identificou que 65% dos usuários acessam a plataforma diariamente e passam mais de 250 minutos por mês conectados. Já imaginou quantos contatos com potenciais clientes você pode fazer nesses canais?

Who Here Is On Social GIF by Transparent - Find & Share on GIPHY

Esses números servem apenas de exemplo de como as redes sociais são utilizadas no nosso país e o potencial que proporcionam para o seu negócio. Portanto, a dica é aproveitar as ferramentas para criar um perfil comercial para sua empresa, apresentar dicas para os consumidores e gerar engajamento com a marca. Também é importante se lembrar de sempre responder às perguntas e comentários feitos nesses canais, pois isso vai ajudá-lo a se aproximar do cliente. 😉

3.Estratégias de marketing

Você já investe em marketing para o seu negócio? Se a resposta é não, está na hora de repensar o assunto. É importante compreender que “fazer marketing” não é apenas publicar ofertas dos produtos e esperar que o cliente compre de você.

Isso envolve estratégia, pensamento em longo prazo e todo um estudo de como o cliente pode encontrar a sua empresa. Além disso, é necessário compreender que o marketing pode ser feito de forma tradicional, pelos canais off-line, e também pelas ferramentas digitais. Entender o comportamento do consumidor é a melhor maneira de saber quais ações realizar para o seu negócio e qual linguagem utilizar para falar com as pessoas.

4.Utilização de sistemas inteligentes

O mercado oferece inúmeras opções de softwares CRM (Customer Relationship Management). O ideal é pesquisar as ferramentas e entender qual atende melhor às suas necessidades do dia a dia. Muitas plataformas facilitam a gestão de relacionamento com o cliente ao permitir o acompanhamento de todo o processo de negociação. 

Dessa maneira, fica mais fácil de identificar os vendedores que apresentam uma performance melhor. O CRM também ajuda a identificar quanto falta para a equipe atingir as metas, o que contribui diretamente com o caixa da empresa.

5.Cuidado com a experiência de compra

Como é a experiência do cliente dentro da sua loja? O colaborador é ágil e prestativo ou apenas tenta “empurrar” uma solução? A limpeza e organização do ambiente, a forma de realizar o atendimento e solucionar o problema do consumidor gera uma experiência, que pode ser positiva ou negativa. E tudo isso impacta no sucesso das vendas do negócio.

Por isso, é essencial se preocupar com o contexto de vendas e da imagem transmitida para o consumidor, e isso vale tanto para a loja física como para a virtual. Por exemplo: um website fácil de navegar, com layout atrativo e carregamento rápido proporciona uma experiência mais agradável do que uma página com cores agressivas e muitos pop-ups (janelas que abrem no navegador).

A experiência é um fator tão marcante para muitas pessoas que algumas lojas já investiram em marketing sensorial. Um exemplo disso é o caso da Melissa, marca de sapatos femininos, que utiliza em todos os estabelecimentos um aroma doce específico de seus calçados. Assim, quando uma consumidora fiel chega perto de uma loja reconhece o aroma e logo fica instigada a ver os novos modelos. 

O cuidado com o ambiente pode ser demonstrado de diferentes maneiras, seja pela escolha dos móveis, da iluminação, higiene, uniformização da equipe, entre outros fatores. Uma revenda de painéis solares, por exemplo, pode criar um espaço inovador para demonstrar o uso do equipamento e incentivar a compra do produto. 😉

6.Atenção no pós-venda

Aqui está o “ingrediente especial” de uma boa gestão de relacionamento com o cliente. A maioria das empresas não se preocupa em fazer contato com o consumidor depois que ele adquire um produto, pois entendem que a negociação já terminou.

Contudo, ao fazer um bom atendimento no pós-venda você cria uma oportunidade de fazer novos negócios no futuro. Sendo assim, procure entrar em contato para saber se o cliente gostou do produto e identifique se ele tem alguma dúvida ou dificuldade para utilizá-lo.

Você também pode criar um cadastro de e-mail marketing para encaminhar conteúdos relacionados aos produtos vendidos pela sua loja. Quem vende painel solar, por exemplo, pode falar sobre economia na conta de luz, maneiras de cuidar do meio ambiente, cuidados com a manutenção para dar mais durabilidade aos equipamentos, entre outros temas.

Resumindo, fazer uma boa gestão de relacionamento do cliente demanda o uso de tecnologia de ponta, cuidado com as ações de marketing e atendimento focado nas necessidades do consumidor. Em tempos de isolamento social isso se torna ainda mais importante, visto que as pessoas estão buscando mais os canais digitais para se comunicar com as empresas.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? Veja outras maneiras de usar a tecnologia para facilitar o seu trabalho!