O que uma banana pode nos ensinar sobre UX Design

O que uma banana pode nos ensinar sobre UX Design

Se você é da área de design já deve saber que o termo UX significa experiência do usuário, e cabe à equipe de UX planejar essa experiência para que a usabilidade e interação das pessoas com os produtos e serviços seja agradável e flua naturalmente.

Mas, se você não é da área e também quer entender melhor sobre esta profissão (e todos os desafios que ela envolve), este post vai te ajudar! 😊 Para sair da explicação convencional, vamos falar desse tema usando uma banana –  a fruta perfeitamente projetada: fácil de manusear/comer, eficiente na solução de um problema (matar a fome) e acessível para muitas pessoas.

Não é piada, realmente faremos essa análise. 😄 Ficou curioso? Então é só ficar ligado neste post! 👇

Despicable Me Banana GIF - Find & Share on GIPHY

A natureza caprichou nesse projeto

Imagine que você está atrasado para o trabalho, mas antes de sair gostaria de passar na cozinha e pegar algo para comer. Ali você encontra uma banana, uma manga e uma laranja em cima da mesa. Sem pensar duas vezes, você pega a banana e sai apressado.

Você já se perguntou por que pegaria a banana? Não se preocupe, pois a maioria das pessoas faria o mesmo. Entre todas as frutas existentes, a banana é a que possui uma das melhores experiências de uso, sem grandes atritos na interação com o “usuário final”. Ela é prática e fácil de comer (além de ser saborosa e boa para a saúde). 🍌

A banana é empacotada em uma embalagem protetora muito simples de abrir, sem a necessidade de uma faca ou outra ferramenta. Cresce em todo lugar e está disponível no mundo todo por um preço acessível. Muito conveniente.

Você não precisa lavar antes de comer, é macia ao morder, não tem sementes, não tem bagaço, não suja os dedos e nem deixa fiapos nos dentes. É do tamanho certo para uma pessoa, pode ser carregada e consumida em qualquer lugar (assim como hoje fazemos com os dispositivos mobile). E se cair na roupa não mancha. 😄

Para complementar, é um fato que as cores das interfaces influenciam o comportamento dos usuários e os ajudam a tomar decisões. No caso da banana, qualquer um percebe quando ela está pronta para consumir. Você não precisa perder tempo pensando ou testando para ver se está madura porque foi projetada para facilitar essa decisão:

  1. Banana amarela, você pode comer; 😋
  2. Banana verde, talvez você deva esperar para comer; 🤔
  3. Banana marrom, talvez seja tarde demais para comer. 🙊

UX da banana VS. UX de outras frutas

Por que analisamos a experiência de uso das bananas e não de outra fruta? As outras frutas têm suas vantagens, mas quando se trata da experiência como um todo as outras têm algumas falhas que as tornam menos agradáveis do que a banana. Vamos aos exemplos:

  • manga: em termos de UX, a manga é meio que um fracasso. Não é tão fácil dizer quando ela está madura, você vai precisar de uma faca para descascar e assim que estiver descascada, a manga é escorregadia e ainda vai lambuzar sua mão. 🥭
  • melancia: é grande, pesada, precisa de uma ferramenta para cortar e ainda tem um monte de sementes para atrapalhar. Simplesmente não é prática. 🍉
  • abacaxi: é difícil de abrir, tem pontas que podem te espetar e ainda deixa fiapos nos dentes. 🍍
  • laranja: precisa de uma faca para abrir, se você não comer com cuidado vai lambuzar as mãos e respingar o suco no chão. Tem sementes, bagaço e por aí vai, ou seja, ao cortá-la vai ter sujeira pela mesa. 🍊

Claro, existem frutas mais bonitas do que as bananas, e definitivamente, muitas pessoas podem considerar outras frutas mais saborosas. A aparência e o sabor complementam a experiência, mas em uma análise do design como um todo a banana ganha de “lavada”.

Afinal, segundo Don Norman, criador do termo UX, o design de UX é sobre a experiência completa, do início ao fim do uso/consumo do produto.  Quer saber mais sobre ele? Veja essa entrevista:

UX no meio digital

Assim como há muitas frutas saborosas, mas difíceis de manusear, existe uma grande variedade de softwares que podem fazer coisas extraordinárias. Infelizmente, como a manga, eles deixam seus usuários frustrados, estressados e pegajosos (ok, talvez não pegajosos) após cada interação. Isso porque a experiência num todo não foi muito bem planejada.

Felizmente, o design no meio digital vem evoluindo drasticamente nos últimos anos. Se você consegue navegar por um aplicativo ou site com um sorriso no rosto, provavelmente há uma equipe de UX por trás que planejou a interface especificamente para essa reação.

O nosso trabalho como profissionais de UX exige que entendamos os recursos do produto/serviço e a forma como o usuário vai interagir com a tecnologia. O objetivo, então, é permitir que ele possa desenvolver suas atividades naturalmente e sem atritos.

Computer Typing GIF - Find & Share on GIPHY

Sabe aquele pop-up indesejado ao acessar uma página? Isso é como se você estivesse cuspindo uma semente da laranja ou da melancia porque ela incomoda. Mas quando um pop-up tem as informações necessárias no momento exato em que você precisa, isso é “Banana UX”.  😄

E aí, gostou da nossa análise de UX design da banana? Então aproveite para divulgar esse conteúdo nas suas redes sociais e ajude a gente a compartilhar esse conhecimento na internet. 😜

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Assine e receba as novidades por email!